domingo, 25 de janeiro de 2015

Nosso livro acaba de sair!


Prezados amigos do blog,
Detalhes sobre o produto
Tenho a imensa alegria de informar que acaba de ser divulgado pela Amazon o meu primeiro livro, cujo título é Legítima Defesa da Fé.
Trata-se de um conjunto de ensaios que escrevi neste blog, principalmente entre 2008 e 2010, mas devidamente atualizados, adaptados e com acréscimos. Os temas, mencionados no subtítulo, são os seguintes: interpretação bíblica, espiritualidade, moralidade, Igreja, liderança e política.
Agradeço muito ao dr. João Armando Coelho pela revisão textual, bíblica e teológica.
Por enquanto há apenas a versão eletrônica (e-book), mas brevemente espero publicá-lo em papel (aproveito para observar que no formato divulgado pela Amazon as notas de rodapé se tornaram notas de fim, mas recomendo firmemente que os eventuais leitores não deixem de consultá-las).
Para os amigos do blog terem uma ideia do conteúdo do livro, eis o Sumário:

O INCENTIVO DE UM BOM PROFESSOR.


INTRODUÇÃO:

CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES.

O FUNDAMENTO DA MINHA FÉ.

ENSAIOS:

I. INTERPRETAÇÃO BÍBLICA.
  1. Interpretação, verdade e liberdade.
  2. Compreendes o que vens lendo?”
  3. Cuidado com o silogismo!
  4. Alegoria é um traje que se veste com discrição.
  5. Ideias mal concebidas.
  6. Pregações fora da realidade.

II. ESPIRITUALIDADE.
  1. Devemos dar azo à “nova espiritualidade”?
  2. A objetividade da Escritura e a subjetividade pós-moderna.
  3. Pastor não é guru.
  4. Lembra do Super-Homem e do Bizarro? Eles estão no mundo evangélico brasileiro.
  5. Sobre a Teologia da Restituição: A Maravilhosa Graça e os pretensos direitos de alguns.
  6. A religião cristã não é um toque mágico em Jesus Cristo.

III. MORALIDADE.
  1. Será o pecado um conceito exclusivamente moral?
  2. Inclinados a ser de baixo.
  3. Não ser perfeito não me impede de denunciar o pecado.
  4. A oferta da Salvação e o julgamento moralista.
  5. Não devo ser um burocrata de igreja nem um moralista sisudo.
  6. Entre o perdão e a tolerância.
  7. Quem se afasta das pessoas não se aproxima de Deus.
  8. Salvos do amor.
IV. IGREJA.
  1. O que é a Igreja?
  2. Não apresento soluções que já não sejam conhecidas.
  3. O problema denominacional.
  4. A Igreja Santificacionista do Bairro X em Las Vegas.
  5. Megalomania – uma doença de hoje.
  6. A bem servida Igreja de Antioquia.
  7. A Igreja brasileira está em crise?
  8. Crescimento de igreja.
  9. Nomes de igrejas.
  10. Uma estimativa.
  11. O problema das igrejas-auditório.
  12. Juízo crítico e espírito crítico. Ou: existe um “ministério da crítica”?
  13. Dos projetos de igreja.
  14. Igreja: tribunal ou oficina?
  15. Nem todos calvinistas, mas todos reformados!
  16. A Igreja dos Crentes Fiéis que Estão Esquentando o Banco.
  17. O desvirtuamento do culto público.
  18. O desvirtuamento do conceito de Igreja.
  19. Uma projeção para 2065.
  20. A Igreja não quebrou.
  21. A burocratização do Evangelho.
  22. Sutilezas do Diabo.
  23. Da necessidade de manter os mesmos princípios de vida.
  24. As relações de poder na Igreja.
  25. Ovelhas no meio de lobos.
  26. O fenômeno dos sem-igreja.
  27. As coisas na igreja têm de fazer sentido.
  28. Jesus veio para quebrar paradigmas?
  29. A Igreja e a Caverna de Adulão.
  30. A injustiça social na Casa de Deus.

V. LIDERANÇA.
  1. Como vivem os justos sob líderes religiosos injustos.
  2. Alguns líderes que não seriam credenciados para a Igreja brasileira atual.
  3. Pastor: um dom especial.
  4. Dos evangelizadores que pedem fogo do céu.
  5. O sonho de ser pregador.
  6. A preocupação do pastor.

VI. POLÍTICA.
  1. Rebanho, sim; curral, não!
  2. O problema dos pastores-políticos.
  3. Eu sempre desconfio de quem está no poder.
  4. Existem “candidatos naturais”?

CONCLUSÃO:

COMO ESCAPAREMOS NÓS?”
  1. Usando bom senso em tudo.
  2. Aprendendo com as crianças.
  3. Firmando-nos em Cristo.


Para visualizar , acesse http://www.amazon.com.br/dp/ASIN/B00SQ538L4

Que Deus nos abençoe.

Alex Esteves da Rocha Sousa.






Um comentário:

João Armando disse...

Ótima notícia. Já estou divulgando pelo Face. Permita Deus tenha boa circulação!

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.