sábado, 20 de agosto de 2011

A censura gay já começou

Não consigo acreditar que uma decisão judicial determinou a retirada de outdoor  na cidade de Ribeirão Preto/SP se não havia absolutamente nada que contrariasse a Constituição na mensagem ali contida. Mas aconteceu, e o pedido foi feito pela Defensoria Pública! 
Segundo a Folha On Line, a Igreja Casa de Oração instalou um outdoor com dizeres bíblicos, sem nenhum comentário. Por se tratar de uma semana em que os ativistas gays farão sua Parada na cidade, o movimento entendeu que era uma provocação. Isso foi suficiente para que, em sede liminar, o texto fosse retirado, sob pena do pagamento de multa civil de dez mil reais diários. 
Pronto, se essa decisão for confirmada teremos um passo enorme para a instalação de uma ditadura gay no Brasil. Não estou usando uma hipérbole: é ditadura mesmo, porque esses militantes acham que seu comportamente não pode ser criticado, nem mesmo com o emprego de um Livro milenar, usado, total ou parcialmente, por três grandes religiões do mundo - o Cristianismo, o Judaísmo e o Islamismo.
Esse negócio de defesa da diversidade  sexual está indo longe demais, a ponto de pretensos democratas defenderem abertamente a censura. Numa das reportagens da Folha On Line, o ativista homossexual dizia que o pastor pode dizer o que pensa o ano todo, exceto na semana da Parada Gay...O que é isso, meu Deus? Então existe uma semana de lacuna constitucional, em que a democracia e a liberdade de expressão cedem passagem ao arbítrio de uma minoria, ferindo de morte os direitos fundamentais?
Vivemos a era da mediocridade e da confusão: de um lado, um juiz determina a supressão de mensagem bíblica inserta em local público; de outro lado, o STF decide que as passeatas em defesa da legalização do uso da maconha não são atos de apologia ao crime...O que é isso?
Em nome de uma agenda liberal, a política e o direito têm se rendido a artifícios que ferem a lógica, o bom senso, a justiça e a própria noção de Estado de Direito Democrático. Vivemos tempos difíceis.

Leia as reportagens: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/961624-outdoor-evangelico-gera-critica-de-gays-em-ribeirao-preto-sp.shtml
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/962781-mensagens-em-outdoor-evangelico-criticado-por-gays-sao-retiradas.shtml

2 comentários:

João Armando disse...

Oxalá a censura gay não se extensa à impressão de Bíblias, ou à censura prévia de sermões,livros e publicações... Vejo um lado bom - agora os fiéis brilharão como o sol - continuarão a se posicionar, apesar da oposição satânica. A Igreja com "i" maiúsculo não se calou diante de Nero e outros malucos, e não se calará diante dos opositores no século XXI.

César disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.