sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O casamento da Record com o petismo

A Rede Record é uma televisão que se casou com o petismo, não por ideologia, mas por interesse: ambos não gostam da Globo. Apropriada por um certo bispo Edir Macedo, dono, quero dizer, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, a Record faz hoje um jornalismo chapa-branca, sensacionalista, repleto de repórteres ditos de esquerda e comentários de apelo popularesco.
Vejam a lista: Paulo Henrique Amorim, Luiz Carlos Azenha, Christina Lemos, Ricardo Kotscho, Rodrigo Vianna. Paulo Henrique Amorim faz verdadeira cruzada contra a emissora de Roberto Marinho, de quem foi empregado. Tem um blog esquerdista chamado Conversa Afiada, e não perde tempo para falar da Globo. Outro dia, quando ele entrevistava o senador petista Walter Pinheiro, dava para pensar de vez em quando que se estava assistindo à TV Brasil, aquela emissora do ex-global Franklin Martins - que, diga-se, depois que saiu de lá recordou que um dia foi guerrilheiro, entrou para o governo Lula, tentou controlar a imprensa e felizmente não conseguiu. Na entrevista, cada palavra do senador baiano era seguida com ar de felicidade por Amorim, com sorrisos interlacados por "claro, claro". O assunto? O projeto de lei que manda inserir três horas e meia semanais de produção brasileira na TV paga e que autoriza as empresas de telefonia a distribuir conteúdo televisivo. Amorim gostou.
Já assisti a trechos de uma reportagem de Luiz Carlos Azenha em que senti o cheiro de exaltação a Hugo Chávez. Azenha mantém o "site" viomundo.com.br, em que propõe mostrar o que "você não vê na mídia", como se ele mesmo não fizesse parte dela. Rodrigo Vianna é outro desses, cheio de sorrisos diante de Marco Aurélio Garcia, o Assessor de Lula e de Dilma para a sua péssima política internacional. Mantém o "site" rodrigovianna.com.br.
Parece que um dos requisitos para ser repórter da Record ou da Record News é rezar na cartilha da esquerda. Coitado do Heródoto Barbeiro. Terá de continuar discutindo política com Ricardo Kotscho, comentarista que já foi Secretário de Imprensa de Lula (outro dia ele estava tentando explicar o alinhamento de Lula com Kadafi...), a partir de sua visão privilegiada na tenda do ditador-amigo.
Christina Lemos parece o Kennedy Alencar com aquela imagem de quem colhe informações de dentro do ninho do poder, dos "bastidores da política". Mas Kenndey Alencar é um dos infiltrados do petismo (ou do lulismo) na Folha de São Paulo! Está em outro front.
Não posso deixar de mencionar a linha editorial, de que é emblema o jornal Fala Brasil: notícias empacotadas com muita violência, amenidades, celebridades, mas sem densidade nem juízo crítico. As críticas passam ao largo das coisas mais importantes do país, restando comentários supostamente graves sobre fatos do cotidiano.
Esse problema da Record deveria ser objeto de estudo nas academias de jornalismo e tema do Observatório da Imprensa, da TV Brasil. Por que Douglas Tavolaro, Vice-Presidente de Jornalismo daquela emissora, escalou tantos jornalistas alinhados com o petismo? Duvido de que eles sejam obrigados a escrever e falar aquilo tudo - demonstram alegria ao construir esse tipo de jornalismo. Mas, por que o recrutamento? Seria coincidência?
Desde que foi preso em 1992 e alvo de reportagens críticas da Globo, Edir Macedo deve ter estabelecido um norte para sua vida: acabar com o que chama de "monopólio da Globo", o que deve ser lido por "tirar da Globo o primeiro lugar". Essa é uma obsessão, que parece ser compartilhada por muitos de seus empregados. Falar mal da Globo é importante para Macedo, que, embora seja um mega-capitalista e representante de tudo o que as esquerdas sempre depreciaram (suposto neopentecostal, líder de igreja, empresário da "mídia"), fez um acordo com o petismo para auferir meios de abater sua inimiga.
Tudo isso pode ser simples hipótese sem fundamento, coisa de espectador de televisão que procura pensar com a própria mente...Mas que os leitores pensem na possibilidade de que eventuais irritações tradicionais contra a Globo acabem criando um outro monstro. Seja pela direita, seja pela esquerda, a manipulação de mentes é coisa do diabo.

Nenhum comentário:

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.