segunda-feira, 18 de maio de 2015

Esboço de pregação na Assembleia de Deus da Pituba* (Salvador/BA)**

Segue o esboço que elaborei para a pregação na Assembleia de Deus na Pituba, ocorrida no dia 17 de maio de 2015:

Texto: Cl 1.13-23.

1. (v. 13) DOIS REINOS.
2. (v. 14) REDENÇÃO E REMISSÃO.
3. (vv. 15-20) PRECEDÊNCIA E PLENITUDE.
4. (vv. 21,22) SIGNIFICADO E FINALIDADE DA REDENÇÃO.
5. (v. 23) O QUE DEUS ESPERA DO REDIMIDO.


1. (v. 13) DOIS REINOS.

O reino das trevas.
O reino do Filho amado.
Deus Pai libertou-nos do império das trevas.
Deus Pai transportou-nos (=transferiu-nos) para o reino do Filho do Seu amor (=Seu Filho amado).

2. (v. 14) REDENÇÃO E REMISSÃO.

Redenção = remissão dos pecados. Resgate. Perdão.

3. (vv. 15-20) PRECEDÊNCIA E PLENITUDE.
  • A imagem do Deus invisível;
  • O primogênito de toda a Criação;
  • N'Ele, por meio d'Ele e para Ele foram criadas todas as coisas;
  • Ele é antes de todas as coisas;
  • N'Ele tudo subsiste;
  • A Cabeça do corpo, que é a Igreja;
  • O princípio;
  • O primogênito de entre os mortos [para em todas as coisas ter a primazia];
  • N'Ele reside toda a plenitude;
  • Ele veio fazer a paz pelo sangue da Sua Cruz (E) promover a reconciliação de todas as coisas com Deus, quer sobre a terra, quer nos céus;

4. (vv. 21,22) SIGNIFICADO E FINALIDADE DA REDENÇÃO.
  • Éramos estranhos e inimigos no entendimento, em razão de nossas obras malignas;
  • Fomos reconciliados no corpo da carne do Filho;
  • Fomos reconciliados mediante a morte do Filho.
  • Para que sejamos apresentados santos, inculpáveis e irrepreensíveis perante Deus.

5. (v. 23) O QUE DEUS ESPERA DO REDIMIDO.
  • Permanecer na fé, alicerçado e firme;
  • Não se deixar afastar da esperança do evangelho.

A Cidade de Colossos:
  • Região da Frígia, na Ásia Menor (Oeste da atual Turquia).
  • Chegou a ser uma cidade importante, rica e populosa.
  • Era próxima às cidades de Laodiceia e Hierápolis.
  • Situava-se numa estrada comercial que ligava a Éfeso.
  • Era uma cidade cosmopolita, repleta de gregos e judeus.
  • Sincretismo religioso, cultural e filosófico.
  • Influência de culturas orientais, gregas, romanas e judaicas.
  • Nos tempos de Paulo já não tinha maior importância.
  • Por volta de 61 d.C. sofreu um terremoto e não foi reconstruída.

A Igreja em Colossos:
  • Pode ter sido fundada diretamente por Paulo ou indiretamente, por meio de Epafras, que era de lá;
  • Paulo conhecia crentes da igreja, como Filemon.

As heresias:
  • Astrologia.
  • Gnosticismo.
  • Religiões de Mistério.
  • Judaísmo Helenístico.

A Epístola:
  • Data: 61,62 d.C.
  • Uma das “Epístolas da Prisão” (junto a Efésios, Filipenses e Filemon).
  • Cristologia.
  • Eclesiologia.
  • Escatologia.
  • Sacramentalismo.

CONCLUSÃO.

Cristo é o centro da mensagem evangélica e deve ser o centro da vida cristã.
Cristo é digno de glorificação.
Devemos conhecer a Cristo de acordo com Sua Palavra.
Devemos manter o evangelho tal como o recebemos.
Devemos afastar as heresias e o sincretismo.
Cristo não é mais um.
Cristo é Deus.

*A Assembleia de Deus na Pituba é dirigida pelo querido Pr. Ubirajara Rosas.
**Não utilizei todas as informações aqui registradas, principalmente da parte dedicada à Cidade, à Igreja e à Epístola, mas acrescentei considerações sobre Teologia da Prosperidade, Triunfalismo, Maldição Hereditária, "mistério", distorções da Batalha Espiritual, destacando a necessidade de glorificarmos a Cristo, apegando-nos ao evangelho que recebemos.


















Nenhum comentário:

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.