segunda-feira, 6 de setembro de 2010

A onda lulo-dilmista e o medo que dá

Penso que o Brasil passa por um momento muito delicado politicamente. Vejo que a candidata oficial já ultrapassou, em muito, os demais candidatos e pode vencer em primeiro turno para presidente da República. Há, ainda, outros fatores que me preocupam deveras:

a) a oposição manteve-se praticamente inerte nos dois mandatos de Lula, manifestando-se um pouco em momentos de escândalo;

b) há a possibilidade real de que o Congresso tenha maioria esmagadora de aliados de Lula/Dilma, pois um número expressivo de antigos adversários do PT se aliou ao "time de Lula";

c) pelas contas da Folha de S. Paulo, o Senado poderá ter 25 suplentes, o que - já foi demonstrado por meio de Wellington Salgado (MG) e Paulo Duque (RJ) - não é nada salutar;

d) a mentira grassa nas propagandas do PT e de seus aliados, desde a manipulação de números de programas como o PAC e o Minha Casa, Minha Vida até a revisão histórica que fazem os petistas, demonizando o governo FHC;

e) vejam, não sou tucano nem fã de quem quer que seja, mas não posso esquecer que o sucesso da estabilidade econômica se deve, não ao governo Lula, mas a Itamar Franco/FHC: Plano Real, Lei de Responsabilidade Fiscal, PROER, reformas do Estado;

f) o governo Lula falta com a verdade ao afirmar que fez o Bolsa-Família, quando este é uma aglutinação, com outro nome, do Bolsa-Escola, Auxílio-Gás, Bolsa-Alimentação e Cartão-Alimentação. Lula chegou a chamar o antigo "Bolsa-Escola" de "Bolsa-Esmola", e disse que esse programa levava à vagabundagem. Hoje, faz dele um método de verdadeira compra de votos de milhões de brasileiros, desvirtuando os princípios do benefício em sua origem;

g) os petistas já lançaram mão do "dossiê dos aloprados" em 2006 e agora há a notícia de que o "grupo de inteligência" da campanha de Dilma Rousseff tinha o plano de contratar dossiê sobre José Serra e pessoas ligadas a ele, além de que servidores da Receita Federal quebraram sigilo de cinco pessoas ligadas ao Serra, incluindo a sua filha Verônica e o vice-presidente do PSDB, sem contar que esses dados foram parar no setor de inteligência da mesma campanha petista! O pior é que Dilma Rousseff acusa a vítima, o presidente Lula faz pouco caso de tudo isso e a Receita tem a coragem de, precipitadamente, dizer que não há interesse político-eleitoral!!!

h) há toda uma pressão contra a liberdade de imprensa, e uma massa de militantes tripudiando de quem discorda do governo. O problema é que muitos dos militantes petistas recebem dinheiro público para falar a favor do governo e falar mal de quem dele discorda, em rádios, jornais e revistas subvencionados pelo Estado, via Secretaria de Comunicação Social, do ex-terrorista Franklin Martins;

i) o Programa Nacional de Direitos Humanos III defende coisas como negociação entre juiz e invasor de terras antes da decisão sobre reintegração de posse e a tal comissão da verdade para ressuscitar crimes só do Regime Militar. Sabemos também que o PT é abortista e que suas conferências defendem absurdos como o "controle social da mídia". Meu receio é que, com a Dilma refém do PT, com o recall da popularidade do Lula e sem oposição de fato, os petistas vão se assanhar para aprovar essas coisas;

j) o já citado Franklin Martins aparece em vídeo de documentário rindo com colegas ex-terroristas e dizendo que poderiam ter matado o embaixador Charles Elbrick caso não fossem liberados seus colegas prisioneiros. Trata-se de um Ministro de Estado!
 
Estou muito preocupado com o futuro do Brasil, que o Lula e muitos por aí só chamam de "este país", como se fosse um país qualquer. Este não é um país qualquer, mas o Brasil, nossa pátria. O Estado de Direito está ameaçado, não sei a que prazo, mas está. É claro que não podemos nos tornar uma Venezuela chavista, já que a nossa sociedade e nossa história são bem diferentes de tudo o que precedeu a ascensão de Chávez ao poder, mas isso não pode nos fazer acreditar que as liberdades públicas estejam sem nenhuma ameaça. Guardadas as devidas proporções, entendo que, assim que puderem, esses adeptos de uma "velha esquerda", para usar uma expressão de Arnaldo Jabor, quererão retirar nossas liberdades em cada flanco em que isso for possível.

Mais uma coisa: procurem no google o site do Instituto Millenium, que tem um ciclo de mesas redondas sobre Liberdade de expressão e Estado de Direito, temas dessa natureza. Há falas de pessoas como Demétrio Magnoli (excelente sociólogo), Reinaldo Azevedo (excelente blogueiro da revista Veja), o próprio Arnaldo Jabor, Roberto Romano (filósofo e professor de ética da Unicamp ), Marcelo Madureira e outros. O Instituto parece ser um refúgio de boas ideias.
 
Que isso tem a ver com este blog? Tem tudo a ver. Sou um cidadão e professo a fé em Cristo, de maneira que não posso me furtar a comentar coisas que efetivamente me preocupam na seara da justiça, da ética, da legalidade. Estamos num período em que uma onda lulo-dilmista toma conta do Brasil, não por motivos legítimos, mas por uma conjunção de fatores que não combinam com uma democracia sólida: compra de votos institucionalizada no Bolsa-Família, populismo, uso da máquina pública e violações a liberdades fundamentais.
Quem é cristão e não se assusta com esse estado de coisas deveria pensar sobre isso. 

2 comentários:

João Armando disse...

Permita-me discordar um pouco - só um pouquinho! A história tem mostrado que, no Brasil, o "rei" tem muitíssimo poder, a saber, a caneta que libera ou prende verbas. Dinheiro é lá como cá a raiz de todos os males - que coisa! Sob inspiração do Espírito, o apóstolo não disse que era o sexo, mas o dinheiro (englobando-se aí o poder). Acredito que a Dilma não terá a mesma popularidade que o Lula, mas daí a ela se tornar refém do PT,acho que bastariam alguns ministériozinhos para acalmar os ânimos - sem se esquecer que o PMDB vive disso e estará sempre lá, pendurado nas tetas governamentais. Quanto a se assustar, bem, a gente constata as coisas, não somos alienados - mas sabemos que há mais do que isso. Há um Deus no céu (Dn 2.28) que governa tudo, limita a loucura humana e leva tudo para a sua glória e para o bem de seu povo. Quem sabe não seria disso o que a igreja brasileira realmente precisasse - alguma perseguição, ou mesmo bastante perseguição - para a depurar, para refinar como o ouro no cadinho. Há outro aspecto, a saber, o poder da oração. A empresa onde trabalho estava com enorme dívida até uns dois anos atrás. Oramos muito pela diretoria (não só eu, outros evangélicos que também trabalham lá) e - pois é, a dívida foi praticamente toda paga,só restando uma pequena e administrável - a primeira parcela do 13º já foi paga (são uns 500 funcionários celetistas), fornecedores em dia etc. Sempre peço que Deus dê sabedoria à diretora, e vejo que tenho sido atendido. Tenho também orado por minha cidade, estado e demais autoridades. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.

O Reino em nós disse...

Oi mano, graça e paz, sempre!

Parabéns pelo blog. Já o estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar a conhecer O Reino em nós e se desejar segui-lo, será uma honra.
Seus comentários, além de bem-vindos, são necessários para engrandecer nosso espaço.

Nele, que nos ensinou a compartilhar.

Sandro
http://oreinoemnos.blogspot.com/

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.