terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Cesare Battisti, cotas raciais para concurso de diplomatas e publicidade governamental em pequenos veículos de comunicação - o que isso tudo tem em comum?

Meus colegas esquerdistas podem achar o que quiserem, mas eu discordo de tantas coisas do governo Lula e de tantas bandeiras da esquerda que eles podem, sim, me considerar um conservador ou mesmo um "direitista", se assim houverem por bem. Não se trata de procurar um rótulo, mas de aceitar uma caracterização a partir de alguns elementos concretos.
Separei três coisas que vi hoje na internet para comentar quão longe estou do lulismo e do esquerdismo: Lula teria decidido manter o terrorista Cesare Battisti no Brasil; o Instituto Rio Branco vai selecionar diplomatas usando um sistema de cotas para "afrodescendentes"; o presidente que deixará o governo em 1º de janeiro de 2011 gritou hoje em sua enésima despedida, esta em sua terra natal, sobre seu orgulho em ter aumentado, e muito, a verba publicitária investida em pequenos meios de comunicação (segundo a Folha de S. Paulo, em oito anos de mandato, Lula majorou os alvos de investimento de 499 para 8.094).
Esses assuntos são intimamente relacionados:
O italiano Cesare Battisti foi condenado pela Itália por matar quatro pessoas, estando ele a serviço do PAC - Proletários Armados pelo Comunismo. Com a manutenção do guerrilheiro no Brasil, Lula transmite a mensagem de que não confia na Itália como Estado de Direito e democracia. É isso. Trata-se daquele pedágio imposto pelas correntes mais à esquerda dentro do PT, presas a uma ideologia que a senhora Dilma Rousseff, ex-brizolista, conhece bem, porque ela mesma serviu à guerrilha para implantar uma ditadura socialista por estas bandas.
As cotas raciais são um capítulo à parte. Querem fundar artificialmente uma nação dentro da nação brasileira, formada pelos chamados "afrodescendentes", seja lá o que for essa categoria étnica ou cultural...Se eu declarar que sou afrodescendente serei aceito no concurso para diplomatas? Tenho negro na família, e até indígena! Façam-me o favor! Cotas raciais repetem a mentira racialista de que raças existem, e essa mentira remonta às doutrinas do Séc. XIX! Já recomendei aqui o excelente livro de Demétrio Magnoli intitulado Uma Gota de Sangue, o qual tece uma abordagem muito bem fundamentada da história do pensamento racial e suas consequências. O que se cria é uma elite supostamente negra, mas não há mudanças sociais profundas.
E o que dizer da vanglória de Lula ao mencionar a reportagem da Folha? Ora, ao colocar dinheiro público em pequenos jornais, revistas, blogs, rádios e sites pelo Brasil afora, o presidente estava fazendo o seu "controle social da mídia" por vias oblíquas, porque assim ele consegue apoio maciço em lugares alcançados por essa propaganda oficial. Onde o governo deve injetar sua publicidade? Em meios de comunicação que tecnicamente ofereçam condições de maior...publicidade, ou seja, aqueles que têm maior audiência. Dar dinheiro a blogs sem leitores, por exemplo, induz apenas ao crescimento artificial de grupos que fazem propaganda do governo, como se fossem estatais. Aí o critério deve ser de audiência, sim! Do contrário, sou eu, como contribuinte de classe média, que estou pagando por esse descalabro, porque o rico está dando do que lhe sobeja, enquanto eu deixo de investir em favor de minha esposa e filhos.
Será que não se vê isso? Será que Lula pode tudo? Meu Deus, o que iremos fazer, onde iremos nos refugiar? Terroristas soltos entre nós, diplomatas aprovados sem suficiente exame de mérito, "imprensa" chapa-branca...Esse é o governo tão bem avaliado?
Não, eu não posso reclamar...Serei considerado um reacionário, conservador, "direitista", fundamentalista, elitista, obscuro. Todo mundo aplaude o Lula e o desculpa. Quando a gente critica o governo, logo vêm as comparações com o governo FHC, como se tudo fosse permitido desde que antes fosse pior, como se Lula não houvesse cometido tantos erros que a própria esquerda, em tese, deveria reconhecer.
Voz solitária. Hei de me conformar com isso.




2 comentários:

João Armando disse...

oz solitária coisa nenhuma! Muitos vêm o que você vê.

Com respeito à propaganda, nunca é demais recordar a famosa frase (que me parece ser da autoria dalguma autoridade norte-americana de antanho)- "You can fool all the people for some time, and you can fool some people all the time, but you can't fool all the people all the time". Em bom português - pode-se enganar alguns o tempo todo,e pode-se enganar todos por algum tempo; não se pode, contudo, enganar a todos o tempo todo. Bingo! A verdade vem à tona, cedo ou tarde.

Nós cristãos sabemos que o fato de a maioria crer nalguma coisa não prova nada. Muitos entram pela porta larga, muitos andam no caminho espaçoso, mas isso não prova nada - essa porta e esse caminho levam à perdição. Se 87% da população aprova o governo Lula, e daí? A aprovação de Hitler já foi também mui alta.

Que surpresas nos aguardam no Dia do Juízo! Que dia terrível há de ser! Tudo virá à luz, não só os atos dos homens, mas também - e isso é motivo para temor e tremor - as motivações. O que dirão os políticos em geral, que podem ter enganado a tantos por tanto tempo? Sim, o que dirão naquele grande dia, o Dia do Senhor? Quantos trambiques, quanta injustiça, quanta vergonha, quanto terror será revelado!

Vejo, então, a preciosidade do sangue do Cordeiro. Meus pecados lavados, perdoados, cancelados! Não mais o pecador condenado, mas o justo - justificado, declarado justo por Aquele cuja opinião é a única que vale. Que todos possamos nos refugiar nele enquanto é tempo - e lá permanecer.

Alex Esteves da Rocha Sousa disse...

Olá, João,

Concordo com você. Tenho o mesmo desejo de ver o mito ser desfeito. A VEJA desta semana (dia 29/12) traz reportagens e artigos muito bons, sem o deslumbramento de grande parte da imprensa, e com críticas duras e objetivas. Há muita gente descontente com o governo, haja vista os mais de 43 milhões que votaram em Serra, os 20 milhões que votaram em Marina e os muitos que não se aprestaram a ir votar em Dilma. Usei a figura da voz solitária como hipérbole, pois, como alheio aos 87% que aprovam o governo, e dissentindo do que jornais como a Folha muitas vezes escrevem a favor de Lula, às vezes quem não gosta desse governo se sente só.
Forte abraço,
Alex.

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.