sábado, 26 de junho de 2010

Só Kaká não pode errar

Dia desses ouvi uma manchete dizendo que Kaká alegara ser perseguido por sua fé em Jesus. A princípio, imaginei que ele pudesse estar exagerando. No entanto, ouvi sua resposta a um jornalista, numa entrevista coletiva, e entendi: segundo ele, o pai do jornalista, que vem a ser Juca Kfouri, o persegue por discordar de sua fé. Logo a reportagem disse que, em resposta, Juca Kfouri declarou apenas discordar de que Kaká faça "propaganda" religiosa por meio do futebol.
Não sei até que ponto a suspeita de Kaká procede, pois não conheço o contexto, mas ele me pareceu muito seguro do que dizia. Além disso, pergunto: por que o jogador não pode fazer declarações de fé em Jesus? Fazer propaganda de produtos do patrocinador é lícito, mas não é lícito falar de Jesus?
Usar a expressão "propaganda" no que toca à fé é muito complicado. Estamos na seara da liberdade de expressão e da liberdade religiosa.
Kaká não faz propaganda da Renascer, mas divulgação de sua fé. Isso é errado? Ele não pode usar seu prestígio e fama para mostrar ao mundo em que ele acredita?
Agora, uma outra questão, ainda mais profunda: percebo existir certa má vontade em relação a Kaká, sim, e complacência demasiada com outros jogadores. É como se Kaká fosse hipócrita por ser bom moço, e como se ele estivesse escondendo alguma coisa, como se não pudesse existir alguém tão "certinho".
Os jornalistas parecem gostar muito mais da briga de Adriano com a namorada, da confusão de Ronaldo com os travestis, da vida financeira conturbada de Romário. Esses mostram todo o seu potencial para a imprensa, enquanto Kaká leva uma vida sem graça: é cristão evangélico, membro da Igreja Renascer em Cristo, casou virgem, não costuma ser violento em campo e ainda por cima é o principal jogador da seleção brasileira de 2010. Que raiva muitos devem sentir! Querem falar mal e o que conseguem fica entre gozar da fama de bom menino ou criticar sua pretensão de ser correto.
Quanto ao fato de o rapaz ser membro da Renascer, que temos nós com isso? Eu mesmo discordo veementemente do evangelho do casal Hernandes, mas não tenho nenhuma dificuldade de acreditar que Kaká seja um autêntico seguidor de Jesus. Não podemos ser levianos e acusar o rapaz pelo rótulo.


2 comentários:

João Armando disse...

E parece que não é só o J Kfouri que não gosta dele. O juiz que apitou aquele jogo quando ele foi expulso... até agora tá entalado na goela de muito torcedor brasileiro!

OSWALDO disse...

Não gosto de propaganda de uma seita promovida por desportitstas, não obstante ser isto suportável. Insuportável é qundo este atleta se põe a falar com desprezo da fé alheia, sobretudo da fé da absoluta maioria dos brasileiros. Veja isto: “Para a galera que já tem Jesus... venha conhecer quem Deus é de verdade. Escute, porque é sobrenatural e Deus tem grandes coisas para nossa vida. Pare de ficar comendo bolachinha, enquanto Deus nos oferece um banquete... “http://www.adoreis.net/news.php?id=182
Esta "bolachinha", na verdade é o Corpo de N.S.J.C, sob as aparências do pão ázimo. Crer no poder de Deus, muito embora não possamos entender, é ter fé de verdade!

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.