sexta-feira, 14 de maio de 2010

Não sei como alguém consegue viver sem Jesus

A vida sem Jesus deve ser muito difícil. Eu mesmo não sei como alguém consegue viver sem Jesus. Em minha experiência pessoal, só a Pessoa e Obra de Jesus Cristo apresentam sentido. Com toda a minha racionalidade, com todas as minhas fragilidades, com todos os meus problemas, ainda assim não vejo absolutamente nada que chegue perto da proposta redentora de Cristo.
Somente a Bíblia faz sentido para mim. Não há filosofias nem ideias religiosas que possam se comparar com as Escrituras Sagradas: um Livro escrito por cerca de 40 homens num raio de mais ou menos 1.500 anos. Um Livro antigo que fala ao meu coração hoje, no Séc. XXI. Um Livro sem contradições. Um Livro perfeito, um tesouro, uma fonte inesgotável e incomparável de sabedoria. Um Livro que a ciência verdadeira não contraria. Um Livro de profecias cumpridas.
Quanto mais eu leio a Bíblia, mais me apercebo de que existe um Deus e de que esse Deus Se revelou na Bíblia e em Jesus Cristo. Preciso de um Salvador e O encontro em Jesus. O começo está esclarecido no Gênesis. O Fim, na verdade, não existe, porque a Salvação traz a Eternidade. E o "meio" é a vida que Cristo oferece. Início, meio e fim registrados nas Escrituras.
Não nasci por acaso. Não vivo ao meu bel-prazer. Não vou acabar na sepultura.
Minha consciência testemunha a veracidade da Palavra de Deus. O Espírito Santo habita em mim. Meus pecados estão perdoados e esquecidos. Sou salvo em Cristo. Pertenço à Igreja. Vou morar no Céu. Creio nisso. Se eu negar o Evangelho, negarei a minha própria biografia, pois tenho experiências com Deus. Minha trajetória não anula a Bíblia; antes, a confirma.
É preciso ter fé. A coisa pode estar feia, irmão. Mas tenha fé. É ela que nos sustenta. E não é uma fé comum, psicológica. É a fé dada por Deus.
Como Jeremias disse a Baruque, numa mensagem enviada pelo SENHOR, "eu te darei a tua vida como despojo, em todo lugar para onde fores" (cf. Jr 45). No final, é o que importa.

Nenhum comentário:

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.