quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Sobre os livros "Supercrentes", do Pr. Paulo Romeiro, e "Erros que os pregadores devem evitar", do Pr. Ciro Sanches Zibordi

Na segunda-feira pela manhã, li a obra Supercrentes, do Pr. Paulo Romeiro. Só interrompi a leitura para tomar um cafezinho. De ontem para hoje, li o livro Erros que os pregadores devem evitar, do amado Pr. Ciro Sanches Zibordi, que mantém o blog http://cirozibordi.blogspot.com.
Trata-se de duas obras importantes para a Igreja brasileira porque, de modo simples, objetivo e contextualizado, versam sobre problemas teológicos e eclesiásticos como a Teologia da Prosperidade, a Confissão Positiva, o Triunfalismo e o "evangelho antropocêntrico" - para usar uma expressão do Pr. Ciro Zibordi.
O Supercrentes (São Paulo: Mundo Cristão, 2ª Ed., 2007, 110p.) é importante porque enfrenta com eficácia a Confissão Positiva e a Teologia da Prosperidade, e especialmente porque menciona os brasileiros Valnice Milhomens, R. R. Soares, Edir Macedo, além dos africanos Jorge Tadeu (Igrejas Maná) e Miguel Ângelo (Igreja Cristo Vive), expoentes desse segmento herético, o que traz o tema bem ao nosso contexto, citando nomes que conhecemos, pois todos estes atuam no Brasil.
Aliás, para minha tristeza, a Rede Boas Novas anda veiculando a programação desse tal "apóstolo" Jorge Tadeu, e um dos programas em que vi esse homem ensinando a Confissão Positiva foi justamente em torno de uma pregação dele na Assembléia de Deus paraense...o que não preciso ocultar porque passou na televisão.
Voltando ao livro Supercrentes, o autor cita a igreja Verbo da Vida como uma das manifestações do Movimento da Fé no Brasil. Aqui em Campo Grande-MS existe um de seus templos na Avenida Mato Grosso. Quem passar na frente vai ver ali estampado o vocábulo grego Rhema, cujo significado Hagin manipulou a fim de sugerir a noção de palavra que decreta cura e prosperidade, quando a diferença para logos, que também quer dizer "palavra", é, na verdade, irrelevante, e não tem nada que ver com "palavra criadora", essas coisas de determinação, profetizar bênçãos etc.
Com efeito, o Pr. Paulo Romeiro mostra algumas heresias do norte-americano Kenneth Hagin, como a afirmação de que somos deuses, e a falsa doutrina de que a salvação adveio de uma suposta morte espiritual de Cristo no inferno. Hagin disse ainda que Cristo assumiu natureza satânica, o que chega a ser uma blasfêmia!
Quanto ao Erros que os pregadores devem evitar (Rio de Janeiro: Casa Publicadora das Assembléias de Deus, 8ª Ed., 2006, 159p.), foi o livro mais vendido pela CPAD no ano de seu lançamento, além de ser um best-seller - o que indica que nem todo best-seller evangélico merece nossa suspeita...
Com linguagem clara, criatividade, recursos de ironia e conhecimento bíblico-teológico, o Pr. Ciro vai tratando de diversas frases pseudo-bíblicas que vêm sendo utilizadas por pregadores por esse Brasil afora, o que tem o mérito de, como o livro Supercrentes, trazer uma mensagem ao povo evangélico brasileiro, tão carente de literatura teológica nacional de boa qualidade.
O autor ainda comenta letras de "hinos" que transmitem conceitos não-bíblicos, e chama nossa atenção para a autoridade infalível, inerrante e plena das Escrituras Sagradas. É um livro que deve ser lido por pregadores iniciantes e experimentados. Eu mesmo, que não prego faz tempo, mas que já preguei algumas vezes, vi-me um tanto mais reverente diante do que li.
Devo dizer que é muito bom ler uma obra que se aproxima de nossa realidade, pois, de fato, muitas e muitas daquelas frases mencionados pelo Pr. Ciro são recorrentes nas igrejas, e muito próximas de minha experiência eclesiástica.
É verdadeiramente oportuno que haja escritores como o Pr. Ciro, porque, de modo simples, direto e espirituoso, ele acaba tratando de vários temas teológicos de profundidade, como, por exemplo, o caráter cristocêntrico da Bíblia, a distinção entre Geena, Hades e Tártaro, a refutação ao Triunfalismo, à Confissão Positiva e à Teologia da Prosperidade, a autoridade definitiva da Palavra de Deus, o ofício do pregador, assuntos da Escatologia, além de ferramentas necessárias, como a boa homilética e a hermenêutica, dando sugestões práticas como a relevância do contexto, da análise gramatical e do estudo dos costumes antigos.
Fiquei imensamente feliz por perceber que meu pensamento tem se coadunado com o que pensam os pastores Paulo Romeiro e Ciro Zibordi. Eu tenho - de maneira mais limitada, é claro - defendido o mesmo Evangelho bíblico e cristocêntrico, e basicamente o que li nesses livros eu já entendia como verdades bíblicas. Sabe por quê? Porque os autores não inventaram - a qualidade de cada um deles é a de expor a sã doutrina por meio da escrita: o Pr. Paulo Romeiro fazendo uma pesquisa sobre um movimento herético, e o Pr. Ciro tecendo comentários bíblicos a partir da "teologia prática" disseminada em pregações inúmeras.
Olha, se eu puder recomendar alguma coisa a você agora, recomendo esses livros: Supercrentes e Erros que os pregadores devem evitar.

5 comentários:

ANTHONY disse...

Parabéns amado, gostei bastante do seu comentário.

Já li o livro "ERROS QUE OS PREGADORES DEVEM EVITAR". É muito bom.

Aliás, também ando muito preocupado com algumas heresias que invadiram a Igreja. Encontrei um artigo bastante interessante no site da Assembléia de Deus de Juazeiro - BA e que tem tudo a ver com o assunto. Aí vai o link:

http://www.assembleiadedeusjuazeiro.com.br/ler.asp?id=515

Fique na paz de Cristo!

Missionaria Hairan disse...

Oi! Paz do Senhor!
Tenho a obra "Erros que os pregadores devem evitar",do Pr. Ciro Sanches Zibordi.Muito Bom mesmo.Emprestei para o Pr.M.Marques,da IEADEJ/Ba.Parabéns pelo Blogger!O Alex Esteves é baiano...Eu também.Trabalhando na AD de Juazeiro.Valeu a referência ao nosso site.Deus abençoe!
Missª. Hairan

Alex Esteves da Rocha Sousa disse...

Miss. Hairan:

Obrigado pelas boas palavras.
Imagino que o pastor a que se refere seja o Pr. Manoel Marques, certo? Ele foi pastor-presidente em Alagoinhas/BA, onde nasci, mas isso ocorreu antes de eu nascer, em 1977. Conheço o filho dele, Jair Silas, não de perto, mas lembro de que por volta de 1996 ele e sua esposa passaram um tempo em Alagoinhas, não sei se residindo ou divulgando um CD.
Espero que continue acessando o blog e deixando comentários.
Em Cristo,

Alex.

Alex Esteves da Rocha Sousa disse...

Irmã Hairan:

Depois foi que eu vi...a senhora é filha do pastor Manoel Marques. Vi as fotos no "site", incluindo o pastor João Evangelista e sua esposa, irmã Sara, casal que mora em meu coração, e que me viram nascer.
Que Deus continue abençoando a todos aí em Juazeiro!
Estou morando em Salvador/BA.
Alex.

NILTON disse...

Prazado Alex Esteves
Graça e Paz
Muito bom seu comentário a respeito de duas obras importantes, ganhei de presentes a uns 3 anos atráz o livro Erros que os Pregadores devem evitar e realmente é simples, direto espirituoso. Agora irei adquirir o livro Supercrentes do renomado Pr.Paulo Romeiro que já me foi bem recomendado. Livros assim muitos Pastores deveriam ler e recomendar, mas muitos destes tem receio que o conhecimento dos membros venha expor as heresias e falasias ditas nos púlpitos e contidadas até suas em normas e estatutos internos. DEUS o abençoe!!!

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.