sexta-feira, 16 de abril de 2010

Um minuto de nostalgia com Álvaro Tito

Preste atenção, por favor, nesta letra de Elvis Tavares, que integra um louvor cantado pelo excelente Álvaro Tito:

"Não há barreiras

Sei que os problemas vão surgir
Sei que provações virão
Põe a tua fé no intercessor que é Jesus
Que sempre te estende a forte mão
Sei que as muralhas do temor
Hão de intimidar teu ser
Mas põe a tua fé no intercessor que é Jesus
E as barreiras tu irás romper
Pois não há barreiras
Para aquele revestido do poder
Que vem de Deus
Destruindo todo mal e dor
As mais altas barreiras
Tu irás transpor
Sei que não há nada
Nem ninguém
Que consiga separar (separar)
Um cristão de Deus
E de uma vida mais além
No céu onde os temores vão cessar
É intransponível esse amor
Que Jesus tem pelos seus
Dando o livramento em plena luta
Em plena dor
Jesus é o nosso grande intercessor
Pois não há barreiras
Para aquele revestido do poder
Que vem de Deus
Destruindo todo mal e dor
As mais altas barreiras
Tu irás transpor".

Agora, o meu comentário: esse é um louvor cristocêntrico, bíblico, emocionante, e que traz uma mensagem de conforto e incentivo sem ser de autoajuda, subjetivista nem antropocêntrico. Não é como aquelas canções de "vitória" que pululam nas igrejas em nossos dias. É uma palavra de encorajamento, mas não lembra em nada as besteiras que se cantam nos arraiais pentecostais - eu sou pentecostal, sei o que digo.
Nasci de mãe assembleiana, já escrevi aqui sobre isso. Cresci na Assembleia de Deus e lá estou até hoje. Fui batizado a 12 de abril de 1992 (lá se vão 18 anos, completados na segunda-feira passada). Desde pequeno, ouvia lindas canções como a entoada por Álvaro Tito, agraciado por Deus por uma bela voz. É emocionante ouvi-lo cantar, e eu, que não sou emocionalista, me sinto bem, e, ao me sentir bem ouvindo canções, é porque a música tocou mesmo em meu coração. Não me deixo levar por letras triunfalistas. Pelo menos, procuro não me deixar conduzir por elas, já que não têm fundamento bíblico, servindo apenas para agradar uma plateia ávida por sensações.
Recordo de um tempo em que eu acreditava mais. Acho que tinha mais fé. Depois de ouvir tantas impropriedades do púlpito, fiquei meio "cabreiro", como se diz no meu Nordeste. Por isso, ouvir canções que respeitam a Bíblia me anima. Eu ando escrevendo muitas coisas aqui - mais de 500 posts em pouco mais de dois anos. Mas eu também tenho muitas "neuras". É preciso ouvir alguém dizer que "não há barreiras". E se for com uma boa voz e um belo arranjo, tanto melhor. Não é à toa que existem os Salmos na Bíblia.

Um comentário:

João Armando disse...

Hômi, pegou essa lá do fundo do baú, heim? Eu me lembro de escutar essa na la Evangéica FM em Recife nos idos da década de 80... e também me lembro dos "erres" dele, bem puxados - "não, não há baRRRReiras, para aquele RRRRevestido do poder..."

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.