sexta-feira, 21 de março de 2008

Alguns absurdos do país do absurdo

Eis uma pequena lista de absurdos que eu gostaria de destacar:
1) Aqui em Mato Grosso do Sul, emissoras de televisão transmitem diariamente programas sensacionalistas apresentados por políticos em pleno exercício de mandato. É claro que eles aproveitam o espaço para anunciar seus projetos "sociais". Isso não deveria ser proibido pela legislação eleitoral? O fato é que eles estão utilizando seu poder de comunicação para estabelecer uma hegemonia política no Estado!
2) Em discurso na formatura da primeira turma da Unipalmares, o presidente Lula disse que não deseja criar faculdades para negros e faculdades para brancos. Ora, mas foi justamente isso o que ele fez, uma faculdade só para negros! Isso é forçar um apartheid ou eu estou ficando com dificuldade de compreender as coisas?
3) Há uma onda pró-Lula e pró-PT grassando na Internet (e em tudo). Muitas vezes leio, em "sites" de jornais, comentários favoráveis ao Lula, partindo de leitores a respeito de notícias de corrupção, escândalos e incompetência governamental. Diante dos piores crimes contra o patrimônio e as finanças públicas, leitores dizem que antes era igual ou pior, que as elites estão com raiva das conquistas dos pobres, que as elites não gostam da idéia da chegada de um operário ao poder, que a mídia distorce os fatos, e uma série de afirmações carregadas de rancor. Dá a impressão de que se faz uma orquestração, como aquela que a Universal deve estar fazendo junto a "fiéis" perante a Justiça de diversos Estados contra jornais de circulação nacional.

Nenhum comentário:

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.