sexta-feira, 5 de março de 2010

A "masmorra" de José Roberto Arruda

O advogado Nélio Machado, que patrocina a causa do governador do DF, José Roberto Arruda, alegou na sessão de ontem, no STF, que seu constituinte estava preso numa "masmorra". Isso mesmo: uma masmorra.
Mas, onde está preso o governador? Numa sala de 10m², sem grades, com ar condicionado, beliche, mesa, cadeira e sofá, em que ele não tem a companhia de outros presos. A Procuradoria-Geral da República divulgou as fotos hoje, e eu as vi no portal G1.com.
Chega a ser um insulto aos presidiários do nosso País dizer que aquela sala é uma masmorra. É uma ofensa também para os sem-teto. Que presidiário não quereria estar detido numa masmorra daquelas? E que morador de rua não gostaria de viver ali?
As cadeias brasileiras são terríveis: homens amontoados em celas pequenas, agressão aos direitos humanos. À pena pelo crime associa-se outra pena, com certo aval da sociedade achando que eles merecem sofrer "o pão que o Diabo amassou" para pagar seus crimes. Só que, no Estado de Direito, a pena deveria ser clara, objetiva, e, acima de tudo, atenta à dignidade humana.
No caso do Sr. Arruda, a dignidade está sendo respeitada. Mas isso não deveria ocorrer somente por ser ele um governador. É óbvio dizer isso, mas é preciso: todo ser humano, independentemente de classe social, etnia, ideologia ou procedência deve ser tratado com respeito, porque foi criado à imagem de Deus.
Chamar aquela excelente sala de "masmorra" atenta contra a dignidade humana. Se o Dr. Nélio Machado viesse à minha casa, talvez achasse que moro num complexo de masmorras...

A matéria em que estão as fotos pode ser encontrada em:
http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL1517767-5601,00-VEJA+FOTOS+DA+SALA+ONDE+ARRUDA+ESTA+PRESO+NA+PF.html

Nenhum comentário:

Fale comigo!

Gostaria de estabelecer contato com você. Talvez pensemos a respeito dos mesmos assuntos, e o diálogo é sempre bem-vindo e mais que necessário. Meu e-mail é alexesteves.rocha@gmail.com. Você poderá fazer sugestões de artigos, dar idéias para o formato do blog, tecer alguma crítica ou questionamento. Fique à vontade. Embora o blog seja uma coisa pessoal por natureza, gostaria de usar este espaço para conhecer um pouco de quem está do outro lado. Um abraço.

Para pensar:

Um dos terríveis problemas da Igreja evangélica brasileira é a falta de conhecimento da Bíblia como um sistema coerente de princípios, promessas e relatos que apontam para Cristo como Criador, Sustentador e Salvador. Em vez disso, prega-se um "jesus" diminuído, porque criado à imagem de seus idealizadores, e que faz uso de textos bíblicos isolados, como se fossem amuletos, peças mágicas a serem usadas ao bel-talante do indivíduo.

Arquivo do blog

Bases de Fé

Creio:
Em um só Deus e na Trindade.
Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão.
Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal e sua ascensão aos céus.
Na pecaminosidade do homem, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode salvá-lo.
Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus.
No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor.
No batismo bíblico em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo.
Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus, através do poder do Espírito Santo.
No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo.
Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade.
Na Segunda Vinda de Cristo.
Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo.
No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis.
E na vida eterna para os fiéis e morte eterna para os infiéis.